quinta-feira, 8 de junho de 2017

Trinta e um: Textos inacabados... Quer que eu termine algum?

Bonjour, ça va?
Como todas as pessoas que adoram escrever, eu tenho, em minha gaveta de cabeceira, um caderninho com diversos textos inacabados. Por falta de inspiração, por falta de tempo, por falta de vontade. Infelizmente, textos que poderiam se tornar grandes obras da literatura (hihihi) estão guardadinhos entre capas rosas com estampa de coelhinho.
Porém, decidi compartilhá-los com vocês hoje. É a sua tarefa me dizer qual, entre três, devo desenvolver no próximo capítulo.
Vamos lá?
TEXTO 1
"O vento lá fora está tão forte que chega a uivar. A tempestade chegou. Aqui, ela anuncia os dias de sol que se fazem permanentes no verão e ilumina a alegria dos habitantes da Terra.
A tempestade durará a noite inteira, já é sabido. Os pingos grossos de chuva baterão nas plantas, curvando-lhes as folhas, penetrando no solo e alimentando suas raízes, assim, permitindo-lhes ganhar forças e viver.
Os animais, assustados, escondem-se velozmente a fim de protegerem seus pelos, penas e carapaças da inundação a porvir. O senhor Afonso..."
TEXTO 2
"Os arabescos azuis consomem minha paciência. Curvas intercaladas por círculos que se unem formando uma flor. Duas. Três. Quatro. O plano acaba. O sino toca.
Há dois dias eu não durmo."
TEXTO 3
"As estrelas eram como pontos de luz na feira anual de maio. Eram belíssimas. Ana surgiu vestida de vermelho com sapatos verdes  envernizados. Era belíssima. Tudo era, aliás, naquela noite de novembro quente de verão.
Ela parecia uma ajudante do Natal. Seu perfume tinha cheiro de canela e me lembrava os cinnamonrolls que vovó fazia em dezembro. Eu adorava. As duas coisas.
Ela sorria mostrando suas pérolas brilhantes. Eu, um garoto do interior, nunca me equipararia ao seu esplendor. Nunca.
Ela era de leão. Eu era de peixes. Ela tinha 18. Eu não tinha coragem."
E então, mes amis? Qual devo desenvolver?
Beijos açucarados.

2 comentários:

  1. O texto 3 daria uma bela história, então por favor, continue-o, eu simplesmente amei *U*, e o que tem o "Sr. Afonso"? Fiquei curiosa para saber.
    Eu costumo escrever no notebook mesmo - escrevia na minha agenda também - mas creio que você me deu uma ótima ideia de desenvolver isso em um caderno.

    Abraços,
    Bia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, miss Bia.
      Obrigada por responder a esse capítulo, fiquei receosa de que as pessoas passassem por ele sem dar-lhe atenção, já que não tem imagem alguma.
      Anotei sua sugestão, também gosto bastante do texto 3, já que ele me parece mais fluido.
      O que será que o Sr. Afonso tem? ;)
      Beijos açucarados.

      Excluir