quinta-feira, 17 de agosto de 2017

Trinta e oito: A inspiração trovadora, um poema inicial

Pintura de Ruth Sanderson - As doze princesas bailarinas
Bonjour, ça va?
Apesar de estar um pouquinho envergonhada, deixo aqui o meu primeiro poema para a seção "Contos Particulares". Ele foi inspirado no trovadorismo medieval, época em que muitos poetas dedicavam seus poemas as meas senhoras, nobres da época. O eu lírico do meu poema é um trovador como esses... Seu nome, sua idade, quando ele viveu?
Respostas virão se vier outro de seu trabalho.
Espero que gostem...
--------------------------------------------------------------------------------
Senhora de olhos azuis e boca vermelha
Senhora que abre um sorriso de pérolas do mar
Senhora que solta fagulhas do coração, centelhas
Senhora que encheu meus olhos e decidi amar.
Senhora de lisos cabelos, em pontas duplas terminam
Senhora sabida de tudo e do destino
De muitos viajantes solitários, peregrinos
Quantos, Senhora, neste instante te amam?
Senhora de roupas douradas que roubam o brilho
O viço, o compromisso e a dor
Quais são dos seus sonhos, o sabor?
Quais são os meninos que roubaste os corações andarilhos?
Senhora da mente confusa e de alto intelecto
Senhora que gasta canetas e canetas
Para registrar, de sua vida, o aspecto
A bela face, o martírio, as caretas.
Senhora, menina, jovem mulher
Devoradora de futuros com preciosa colher
Levanta-te de teu austero trono
Fiapos, farrapos trançados e cromo
Levanta-te, Senhora, e me ouça já
Por seus olhos e sorriso, decidi te amar
Racional, Senhora, foi minha decisão
Por que decidistes roubar meu coração?

4 comentários:

  1. Emoção ��
    Como fico feliz ao ver o resultado de quem me foi confiado por Deus, futuro promissor.
    Escritora, poetisa, menina de bem, do bem, a serviço de Deus. ��

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AAAAH, miss mãe, obrigada de coração <3
      Beijos açucarados.

      Excluir
  2. Que legal ver alguém retomar o trovadorismo medieval. ♥
    Você não tem do que se envergonhar, expor seu trabalho é um motivo de orgulho. Ficou uma graça este seu primeiro poema.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, miss Luana! Seu comentário encheu meu coração de alegria e motivação para escrever outros poemas e publicá-los aqui.
      Beijos açucarados.

      Excluir